Aceitamos o amor que acreditamos merecer - Julho 2022

 Aceitamos o amor que acreditamos merecer

Depois de um rompimento recente, comecei a contemplar o que fiz de errado. Diferentes perguntas vinham à minha mente. Perguntas como: Demonstrei muito carinho por ele e o assustei? Será que eu esperava muito dele? Eu sou simplesmente difícil de amar ?

E então percebi que nada daquilo era verdade. A única verdade é: Aceitamos o amor que acreditamos merecer. O que isto significa? Isso significa que estamos nos limitando involuntariamente quando se trata de amor. Damos mais do que somos capazes de dar e recebemos menos do que merecemos.

Por que nos apaixonamos por pessoas que não nos merecem?



Por que escolhemos alguém quando subconscientemente sabemos que ele não é uma boa escolha para nós? Por que sempre esperamos que a pessoa mude ou que nós a mudemos? Nós nos enganamos ao acreditar que esta é a coisa certa a fazer.

Escolhemos desfrutar de amores pequenos porque achamos que nunca experimentaremos o grande. Desperdiçamos grande parte do nosso tempo com alguém que não é digno de um segundo. E percebemos tudo isso quando é tarde demais.

Achamos que não merecemos melhor e é por isso que nos contentamos com pessoas que nos tratam mal.

Aceitamos as mentiras, manipulações e comportamentos tóxicos de outras pessoas só porque achamos que não merecemos nada melhor do que isso. mas isso não é verdade. Merecemos coisas muito, muito melhores e maiores do que estamos nos conformando. Nós merecemos alguém que esteja lá para nós quando estivermos com medo.

Merecemos alguém que nos trate com respeito e admiração. Merecemos alguém que sempre pense em nós porque somos parte de seu ser. E nunca devemos deixar de acreditar. As pessoas que nos tratam mal não nos merecem! E essa é a única verdade.

Achamos que nunca seremos bons o suficiente.

Achamos que temos que ser perfeitos para sermos amados por outro ser humano. Que cruel da nossa parte pensar isso. Achamos que nunca seremos bons o suficiente porque não nos permitimos falhar. Se não nos permitirmos falhar, nunca seremos capazes de melhorar a nós mesmos. Nós somos bons o suficiente.

Você é bom o suficiente! Se eles não gostam de você do jeito que você é, eles certamente não merecem você. Você nunca deve mudar apenas para se encaixar na definição de perfeito. Você não é perfeito e isso é mais do que certo. Você é bom o suficiente para todos os outros, mas não é bom para si mesmo. Seja bom para si mesmo!

Achamos que não somos dignos de amor.

Você não precisa se preocupar se não é digno de amor porque o verdadeiro amor não é exigente. O verdadeiro amor aprecia todas as nossas peculiaridades, falhas e imperfeições e as transforma em perfeição. Não somos indignos de amor, estamos apenas dando nosso amor às pessoas erradas que não são capazes de retribuir.

O amor deveria ser fácil, como uma brisa de verão, mas continuamos dificultando para nós mesmos. Continuamos dando segundas chances quando sabemos que não devemos. Continuamos esperando que eles mudem quando sabemos que não. Continuamos dando nosso coração mesmo sabendo que ele será quebrado. Esquecemos que merecemos ser amados. E esquecemos de nos amar.

Você merece ser amado.

Você merece se sentir livre de todos os problemas pelos quais passou e merece experimentar a essência do amor verdadeiro. Você merece alguém que nunca vai parar de lembrá-lo o quão bonito você realmente é, por dentro e por fora.

AME a si mesmo.

Você deve se orgulhar de si mesmo e só deve aceitar o amor que o eleva, que o inspira e faz com que você se torne a melhor versão de si mesmo. Aceite o amor que é alegre e cheio de vida. Aceite o amor que fica.

 Aceitamos o amor que acreditamos merecer