Uma carta aos demônios dentro de mim - Abril 2023

 Uma carta aos demônios dentro de mim



Olá, Demônios,

Olá, ansiedade,





Olá, Mestre Tóxico,

Olá, a semente da bagunça,



Olá, a todos vocês, Meus Co-viajantes na Vida.



Eu prendi você. Você não tem para onde ir. Você é fraco e quebrado. Assim como eu costumava ser quando estava sob seu controle. Mas agora, a roda da fortuna virou para o outro lado.

Isso doi? Você está impotente?



Eu sei que eu era até eu demolir você em espetáculos de poeira sem sentido.

Eu tranquei você nos cantos mais profundos da minha mente e alma. peguei a chave. Eu sou seu mestre agora. Você vai dançar com a música que eu toco.

Uma vez, você era eu. Antigamente, eram vocês que seguravam todas as cartas. Você estava controlando minha vida. Você estava correndo solto.



Você estava se divertindo muito enquanto eu estava agachado no canto escuro da cela em que você me colocou, derrotado e sozinho.

Veja também: Para a pessoa que me tirou da escuridão



Ansiedade… você me manteve como seu prisioneiro toda vez que eu tentei sair. Toda vez que eu tentava sair e conversar com as pessoas, você me puxava pelos cabelos, me fazendo gritar de dor porque eu estava tentando lutar com você.



Mas eu perdi.

Mestre tóxico… você me manteve como seu prisioneiro toda vez que a ansiedade me prendeu. Você foi quem me alimentou com pensamentos suicidas – com pensamentos de me machucar. Foi você quem me disse que eu não conseguiria. Você era o sussurro maligno em meu ouvido me dizendo que não sou bom o suficiente.

A semente da bagunça... você me segurou como seu prisioneiro quando meu mestre tóxico plantou você dentro de mim. Ele te alimentou e te regou para crescer. Você foi quem não me permitiu esclarecer meus pensamentos - diferenciar o certo do errado. Você não me deixaria ver a luz. Você não me enviou nada além de tempestades e chuva para me manter escondido – escondido no ‘cofre’.

Meus queridos demônios... Estou falando com você da superfície, onde está ensolarado e bonito. Estou falando com você do lugar onde é minha hora de correr solta. Estou falando com você porque quero que saiba que estou feliz. Estou feliz porque estou livre.

Veja também: A ansiedade é uma cadela, mas eu sou o maior

Vocês são demônios, mas são MEUS demônios.

Vocês são meus lembretes constantes de que tenho que lutar para sobreviver.

E olhe para mim agora... Estou lutando.

Você deve saber porque é a sua hora de ficar preso.

É melhor vencer a si mesmo do que vencer mil batalhas. Então a vitória é sua. Não pode ser tirado de você, nem por anjos ou demônios, céu ou inferno. ~ Buda Gautama